• Fernanda Siqueira

Prazo para atualização anual de dados no sistema RDE-IED do Bacen termina em 15 dias



O Banco Central do Brasil (Bacen), por meio de circulares, cria obrigações para empresas nacionais que possuem investimento estrangeiro direto em seu capital social e/ou ativos, bens, direitos, créditos comerciais e valores no exterior.

Dentre estas obrigações está a Atualização Anual de Dados no Sistema RDE-IED do Banco Central.

Estão obrigadas realizar esta atualização as empresas que, em 31/12/2018, possuíam investimento estrangeiro direto em seu capital social e não possuíam ativos ou patrimônio líquido igual ou superior a R$ 250 milhões.

O prazo final para envio destas informações é até o dia 1º de abril, ou seja, se encerra em 15 dias.

Lembramos que a empresa que apresentar declaração fora do prazo, prestar informações incompletas, incorretas, falsas, ou simplesmente não apresentar a declaração, pode incorrer em multas que variam de 1% a 10% do valor sujeito a declarar (desde R$ 25 mil até R$ 250 mil reais).

Também alertamos que o fato de prestar estas declarações neste ano de 2019 não desobriga as empresas de tê-las prestado nos anos de 2017 e 2018, caso estivessem obrigadas nos anos anteriores e não as fizeram.

Por isso, a equipe de Câmbio e Capitais Internacionais da SIAL está à disposição da sua empresa para a atualização dos dados no sistema RDE-IED do Banco Central dentro do prazo.

#investimentoestrangeiro #investimentonobrasil #RDEIED #câmbio #capitaisestrangeirosnoBrasil

7 visualizações

© 2020. Todos os direitos reservados.

Feito com       em Goiânia-GO